Realidade(s)

“Ao questionar as minhas verdades internas acontece também o seguinte fenómeno: retiro-me da posição de actriz/actor da cena principal e coloco-me na posição de realizador e observador da mesma. Nesta posição, posso fazer cortes, posso fazer alterações, posso assim alterar a percepção do que vejo e sinto e, consequentemente, penso sobre o que vejo e sinto e, consequentemente, o que esse pensar sobre o que sinto e vejo me faz sentir.” Por Teresa Vilhena

#perspectiva #olhar #viver #reportersombra

Leia Mais "Realidade(s)"

Mergulho em mim

Um caminho de consciência de nós, de quem somos, é como um mergulho dentro de nós próprios, cada vez mais profundamente, cada vez a um nível mais profundo e complexo. Camada após camada vamos descobrindo e entrando em contacto com partes nossas que vamos, integrando, diluindo, aceitando, compreendendo e perdoando. Este mergulho até ao mais íntimo de nós, até ao que há de mais sagrado em nós, aproxima-nos, cada vez mais, do nosso centro, de quem realmente somos, das nossas forças interiores, do nosso verdadeiro caminho. Camada após camada assim vamos ao encontro do nosso EU mais elevado e autêntico numa perfeita integração entre a nossa alma e a nossa humanidade.

Leia Mais "Mergulho em mim"

Ilusão

O Mundo da ilusão interna que criamos e no qual nos movemos como se fosse realidade palpável é o grande fruto da nossa dor e sofrimento.

Leia Mais "Ilusão"

Pára_Entra(emTi)_Respira

Quando estiveres à beira de explodir ou a perder o controlo PÁRA, encontra um lugar onde possas estar sozinho e contigo mesmo, fecha os olhos, ENTRA em contacto com tudo o que está ai bem DENTRO de TI e RESPIRA, respira bem fundo, volta a respirar até que a onda que te levou a esse lugar tenha perdido a sua força e se tenha esbatido com a cadência da tua respiração.

Leia Mais "Pára_Entra(emTi)_Respira"

…Da Consciência à Cura nas relações…

No começo é paixão, é fogo, é desejo de estar sempre, o mais perto possível para sentir a respiração, ouvir o bater do coração do outro. É um desejo de fusão no outro e de simplesmente ali estar. Queremos beber daquilo que nos encantou, nos apaixonou, queremos saciar essa sede desse outro pois não há igual a ele.

Com o tempo, na eventual simbiose, na rotina do dia-a-dia, no passar do tempo que dilui a singularidade e individualidade, podemos perder-nos desse outro que fomos e do outro que vimos e por quem nos encantamos. Olhamos ao espelho e perguntamos:

Quem sou eu? Onde está o meu Eu nesta relação?

Esse é o tempo de olhar novamente para a nossa singularidade e voltarmos a apaixonar-nos por quem somos, por quem temos ao nosso lado e deixarmos ir o “Nós” que só existe saudavelmente se nele co-existir duas almas que comungam sem perderem a sua essência.

Sabe mais no novo workshop SUPERPOWER “Voar em Nós”

Leia Mais "…Da Consciência à Cura nas relações…"

Recomeços

«O fim de uma viagem é apenas o começo de outra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite. (…) É preciso voltar aos passos que foram dados, para repetir e para traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.»

| José Saramago |

Leia Mais "Recomeços"

Entre a Terra e o Céu

Quando negamos olhar para a nossa sombra, fingindo que ela não existe, e simultaneamente negamos abraçar a nossa luz por ela nos trazer a responsabilidade de viver os nossos dons, vivemos adormecidos, tentando ingloriamente ora não cair no penhasco da sombra ora não voar rumo aos céus de luz.

Que desgaste de energia que isto traz!

Aceitar, largar o controlo, entregarmo-nos ao supremo plano, amarmo-nos por tudo o que somos, mesmo que o tudo esteja cheio de imperfeições aos nossos olhos, e deixar que o manto de ilusão onde nos movemos caia e, assim talvez, consigamos ver verdadeiramente todo o especto de luz e sombra que somos e no qual nos movemos.

Esta é uma escolha que depende unicamente de nós!

Leia Mais "Entre a Terra e o Céu"

Tornar-se Pessoa

“Se me permito a mim mesmo compreender, na realidade, uma outra pessoa, é possível que essa compreensão acarrete uma alteração. E todos nós temos medo de mudar.” – Carl Rogers em Tornar-se Pessoa. 

Leia Mais "Tornar-se Pessoa"

Fluxo de Vida

“O primeiro passo para viver em fluxo é,(…),viver quem somos, em cada sopro de vida, em cada decisão tomada, a cada Não, a cada porta que se fecha, a cada passo que se dá, a cada queda, a cada olhar, sem medo, sem dúvidas, sem certeza se vai dar certo, mas com a certeza que estamos a ser” – por Teresa Vilhena em “Fluxo de Vida”

Leia Mais "Fluxo de Vida"

O Teu lado Sombra

 

“Darmos à nossa sombra o nosso profundo amor é a chave para a sua libertação das profundezas da escuridão. À luz do nosso amor a nossa sombra tem espaço para ser transmutada, enfraquecida ou destruída pois o seu destino serve apenas a máxima expressão e vivência de tudo aquilo que somos e negamos que éramos.” Por Teresa Vilhena em “O Teu Lado Sombra”

Leia Mais "O Teu lado Sombra"

Um workshop que promete transmutar os teus medos e bloqueios interiores

Leia Mais

Reflexos

” Vivemos em constante relação com o outro e essa relação, seja ela qual for, é sagrada, pois é nela que nos encontramos, que nos vemos refletidos e assim nos descobrimos.” Por Teresa Vilhena em Reflexos

Leia Mais "Reflexos"

O Fogo do Espírito

É fácil dizer que tudo na vida tem um ensinamento, um lado ou aspecto positivo, mas sejamos sinceros, quando estamos no fundo de um buraco bem fundo, onde não entra nem uma nesga de raio de luz, é bem desafiante acreditar que , fora daquele buraco, o sol brilha quente e radioso! Acontece que, por […]

Leia Mais "O Fogo do Espírito"

AMOR Maior|Parte 1

É fácil dizer “AMO-TE” difícil é mesmo AMAR. Tenho três seres na minha vida que me fizeram sentir, na carne e na alma, o real sabor do AMOR. Um é de quatro patas e a sua forma de comunicar não é humana pois, ladra, rosna, também ressona, enfim… O seu nome podia ser “Mel”, pela cor […]

Leia Mais "AMOR Maior|Parte 1"

“A vida é uma aventura ousada ou nada” – Helen Keller

Na primeira edição do VOA  tinha umas frases inspiradoras para cada pessoa tirar à sorte e, por graça, eu também tirei .

A citação da Helen Keller : “A vida é uma aventura ousada ou nada”, foi a que me calhou na rifa.

Recordo-me de sorrir meio sarcasticamente e pensar: ” Esta frase neste momento não me faz qualquer sentido!” e, de seguida, oiço outra voz na minha cabeça: “Neste momento pôde não te fazer mas guarda-a bem perto de ti”.

Nos últimos tempos esta citação tem estado bem presente em mim e, sempre que me deparo com um novo desafio, um obstáculo que parece intransponível, quando começo a duvidar desta aventura que é a SUPERPOWER, desta aventura e responsabilidade que é acompanhar processos de desenvolvimento e crescimento pessoal de outros seres-humanos, quando me deparo com encruzilhadas, aparentes becos sem saída, lembro-me dela.

Ela relembra-me que a história é feita dos que sonham, dos que ousam encontrar novos e inovadores caminhos, dos que se aventuram a conhecerem-se e que, se cada um cumprir o seu papel na sua própria jornada individual, a vida já valeu a pena e já ganhou propósito.

Ousem viver a vossa própria aventura.

Que a SUPERPOWER seja para vocês uma aventura tão ousada e transformadora como tem sido para mim.

Convosco nesta viagem,

Teresa Vilhena

 

 

 

Leia Mais "“A vida é uma aventura ousada ou nada” – Helen Keller"

Raízes

Os mais recentes artigos SUPERPOWER, para o site Repórter Sombra na categoria lifestyle, levam-nos às raízes pois, quando estamos enraizados e em contacto com o corpo e os 5 sentidos, estamos mais presentes e em integração:  Presença Enraizada e SOS Ansiedade.   POWERYOURSELF |POWER YOUR LIFE with SUPERPOWER

Leia Mais "Raízes"

Leonardo Mansinhos SUPERPROFILE

  A entrevista a Leonardo Mansinhos para ouvir  na rubrica SUPERPROFILE.   Biografia: Nasceu em Lisboa em 1980 sob o signo de Virgem e com Ascendente Capricórnio. Quando era pequeno descobriu uma paixão por música, livros e por escrever, o que o fez não só escrever algumas músicas (entretanto perdidas), como também ter participado durante alguns anos […]

Leia Mais "Leonardo Mansinhos SUPERPROFILE"

3 escolhas para se ser feliz

Quando vemos a vida pelo lado de fora, como espectadores do que nos acontece, concluímos que muito pouco ou quase nada controlamos. Desse ponto de vista concluímos que, muitas das vezes, há acontecimentos e eventos da vida sobre os quais não temos qualquer controlo. A verdade é que, uma das causas da nossa infelicidade, é […]

Leia Mais "3 escolhas para se ser feliz"

O Teu caminho

Quando todas as tuas células, todo o teu ser e a tua mente brilhante, vibram, pelos passos que estás a dar, pelos sonhos que estás a seguir e pelas ideias que estás a materializar, continua. Continua nesse trilho que, só tu, pôdes percorrer, continua sempre seguindo o teu caminho. Desvia o olhar dos caminhos do […]

Leia Mais "O Teu caminho"

Autenticidade=Liberdade

O tema Liberdade sempre pautou a minha vida. Fugi durante muito tempo. Fugi de coisas e/ou situações que sentia condicionarem-me ou aprisionar-me. Mudei de cidades, de relações, de trabalhos. Quando me sentia “presa” mudava ou fugia para outro sítio, lugar e/ou relação. Tudo em prol da “minha Liberdade”, tão valiosa que ela era para mim. Liberdade, […]

Leia Mais "Autenticidade=Liberdade"

O Rosto da Solidão

Nas últimas semanas tenho-me encontrado com o rosto da solidão. A vida tem destas coisas engraçadas e, nos momentos certos, começa a trazer-nos reflexos de coisas que já fomos, partes em nós que ainda existem e precisam de colo ou partes que já curamos, e que podem trazer a outros mais alento, um sorriso ou […]

Leia Mais "O Rosto da Solidão"

Á(o) juíz(a)que há em ti!

Dizemos, ao colega de trabalho, ao chefe, aos filhos, ao amigo, à amiga, aos companheiros: – Tem calma que sou só um(a)! Pedimos aos que nos rodeiam que tenham calma connosco, que sejam tolerantes, pacientes, benevolentes, etc e tal… E depois… E depois, há uma vozinha cá dentro que tem tolerância zero para si própria. Que […]

Leia Mais "Á(o) juíz(a)que há em ti!"

Humanizar o erro próprio

Com o erro do outro posso eu bem! Para o erro do outro aceito o pedido de desculpas. Para o erro do outro tenho compaixão. Para o erro do outro consigo ver o rosto humano do outro lado do erro. E para o meu erro? Aceitar que errei! Pedir desculpa a mim própria, pois afinal […]

Leia Mais "Humanizar o erro próprio"

Guerreiros de Coração

“Eu aprendi que a coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas aquele que conquista por cima do medo.” Esta citação de Nelson Mandela ficou-me gravada na memória, provavelmente por ser brilhante, mas também por ter mudado a minha visão […]

Leia Mais "Guerreiros de Coração"

O que tens e queres manter?

Estávamos a “mapear” em conjunto o estado actual da vida dela quando lhe perguntei: O que tem neste momento na sua vida que quer manter? A resposta dela atingiu-me como um tiro. Quero manter o hábito que tenho que é o de tomar o pequeno-almoço fora, antes do trabalho, pois é o único momento do dia que […]

Leia Mais "O que tens e queres manter?"

Filhos da Terra

“Que fazemos nós, hoje, agora, a esta nossa Mãe, a este útero externo que nos gerou numa relação indirecta, mas não menos próxima? Como tratamos nós humanos esta Mãe, nossa, dos nossos filhos, dos nossos netos, mãe das gerações que foram e das que hão-de vir? Que fazemos nós a esta nossa raiz térrea?” Por Teresa Vilhena

Leia Mais "Filhos da Terra"